O que é ser mãe para você? (2)

Continuando a comemoração do mês das mães. mais duas mães compartilharam o que é ser mãe para elas. E como disse aqui, elas me fizeram rir e me emocionaram.

1_Primary_logo_on_transparent_75x100Sarah (mãe da Rafaela de 1 ano e 2 meses)1_Primary_logo_on_transparent_75x100

Nunca havia sonhado em ser mãe, mesmo amando crianças. Para minha surpresa, Deus me concedeu ficar grávida da Rafa e tem sido uma experiência e tanto. Não posso dizer que é super legal o tempo todo pois já “surtei” algumas vezes. O estresse e o cansaço, somado com o dia a dia e noites mal dormidas (até uns meses atrás), contribuíam pra isso. Ser mãe é ser missionária. Creio em Deus e lemos a Bíblia para a Rafa e com ela desde o primeiro mês de vida.  Mas não basta só lermos, orarmos juntos e cantarmos louvores. Ser missionária é ser muito mais. É dar exemplo de uma vida com Deus e pra Deus. E nem sempre consigo isso.  Minha oração desde que a Rafa nasceu é que ela cresça e creia no Deus maravilhoso e na Sua palavra.

Ser mãe é abdicar de muita coisa em prol dela mas também é ser inovadora: é ser professora, médica, psicóloga, enfermeira, cozinheira, amiga, inventar historinhas no carro pra ela parar de berrar, inventar músicas com o nome dela pra que ela coma tudo no almoço, cantar todas as musiquinhas que ela já conhece e gosta na hora do banho, na hora de arrumar os brinquedos, na hora de se arrumar. É vibrar com cada descoberta e cada desenvolvimento novo. Parei de trabalhar fora para ficar com a Rafa em casa e tem sido muito mais cansativo do que eu imaginava. Mas ao mesmo tempo, é gratificante, divertido e eu sei que não me arrependerei disso nunca pois consegui estar presente em todos os momentos desse primeiro ano, graças a Deus.

Mesmo cansada temos a disposição pra cuidar dos nossos filhos, e mesmo quando achamos que não temos mais forças, surge uma força de dentro (que pra mim vem de Deus que me sustenta o tempo todo) e somos capazes de vencer mais um dia.

1_Primary_logo_on_transparent_75x100Loide (mãe da Rebeca de 28 anos, da Carolina de 25 e do André de 24) 1_Primary_logo_on_transparent_75x100

Acredito que não dá para ter uma resposta estática, já que aprendi que ser mãe é um movimento, algo diferente em cada momento.

Aos 21 anos quando tive minha primeira filha, acreditava que “ser mãe” era amamentar, conseguir dar o primeiro banho e cuidar do umbigo.

Mais tarde, pensei que “ser mãe” era ler histórias, levar na praça, ensinar a andar de bicicleta, cuidar dos arranhões com água e sabão, com aquele beijinho “sara tudo”…

Em outro momento, “ser mãe” parecia ser alguém que busca coragem para deixa-los na escola e saber que ” aquilo seria bom para eles”, apesar da separação.

Tem ainda o momento “ser mãetorista”? Inglês, natação, futebol, tênis, casa de amigo, academia….Acho que até deixar de ser palmeirense e virar corintiana faz parte deste momento de “ser mãe”.

Depois a ideia de “ser mãe” mudou para ser aquela que aconselha e ajuda a escolher as melhores amizades. Que dizer então do momento de “ser mãe” quando eles começam a namorar? Que sensação! Muitos conselhos, muita oração.

Desde o ventre sempre acreditei que orar é a base para todos os momentos de “ser mãe”

Em seguida, “ser mãe” me pareceu ser aquela que prepara o filho para uma nova jornada, para uma nova família. Um misto de alegria, perda e de missão quase cumprida. Quase? Sim… sempre serão nossos filhos! Talvez esta seja a definição de “ser mãe” deste momento: saber nunca “ser ex mãe”

Hoje, “ser mãe” pra mim é me esforçar em deixar para a próxima geração uma fé inabalável! Hoje mais do que nunca “ser mãe” é orar para que permaneçam nos caminhos do Senhor. Orar é a principal ação do “ser mãe”. Há tempo para tudo! Tempo de cuidar, tempo de brincar, tempo de ensinar, tempo de aconselhar, tempo de deixar ir… mas sempre é tempo de orar.

E o futuro? O que posso esperar do “ser mãe”? O que eu espero com todo o amor do meu coração, é poder olhar para cada um deles, e antes de fechar meus olhos para esta vida, poder dizer com a mais firme convicção: Nos vemos no céu…creio que neste momento poderei pensar… “fui mãe”!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s